Home » Destaque Com Foto » Nordeste é apontado como a região que mais cresce no Brasil
27 de dezembro de 2010 - 13:21:37

Nordeste é apontado como a região que mais cresce no Brasil

Crescimento do nordeste projeta o país para um avanço. Isso se deve aos dados fornecidos pelo Banco do Nordeste, que atualizou para 8,3% a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da região. A previsão é de que o acréscimo seja superior ao do Brasil, cuja evolução deve ser de 7,5% neste ano. O estado do Piauí é responsável pelo maior investimento, foram registrados cerca de 31,1% em saldo de operações de crédito.

As informações constam no Boletim Conjuntura Econômica, publicado mensalmente pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), vinculado ao Banco do Nordeste, e disponível no endereço www.bnb.gov.br/publicacoes.

A estimativa do país foi ampliada em relação a setembro, quando o Banco estimou evolução de 7,2% para o nordeste, em comparação a 2009. Para 2011 e 2012, o PIB da região deve ter incremento de 5,4% e 5%, respectivamente, e continuar com resultados acima dos esperados para o país. Em 2011, a previsão de expansão da economia brasileira é de 5,3% e, no ano seguinte, 4,5%.

Para o superintendente do Etene, Jose Narciso Sobrinho, o incremento dos investimentos no Nordeste é um dos principais fatores que têm levado a Região a crescer acima da média brasileira. “O Nordeste tem recebido importantes inversões em infraestrutura e no setor produtivo, a exemplo das refinarias, ferrovias e rodovias, transposição de bacias, os complexos portuários de suape, pecém e itaqui. A expansão dos programas sociais e do salário mínimo. Dessa forma, o crescimento do Nordeste tem sido estimulado pelo mercado interno”.

Ao longo de 2010, a economia nordestina vem repetindo um desempenho superior ao da economia brasileira. Nos dez primeiros meses, foram constatados indicadores superiores à média nacional. Entre os estados do Nordeste, vale destacar o comportamento exibido pelas economias do Maranhão, Sergipe, Ceará, Paraíba e Piauí, com preponderância de indicadores com variações acima da média regional.

O saldo das operações de crédito do Banco do Nordeste, no final de outubro, alcançou R$ 39,8 bilhões, acusando uma expansão de 14,6%, na comparação em doze meses. Do total, o FNE participou com 73,2%, principais recursos de médio e longo prazos. No período em análise, o maior incremento é do Piauí, vindo em seguida o Rio Grande do Norte (23,3%), a Paraíba (21,9%) e o Maranhão (14,9%).

No que diz respeito à economia do país no terceiro trimestre de 2010, a expansão ficou no patamar de 6,7%, terceiro melhor resultado do mundo, abaixo de China (9,6%) e Suécia (6,8%). O Boletim do Banco do Nordeste destaca que esse desempenho foi superior, por exemplo, ao observado na União Europeia (2,2%) e Estados Unidos (3,2%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


+ 3 = onze

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>